.eu sou melhor que você.

“MUITO melhor. Minha opinião é certa, minha experiência extensa, meus conceitos inabaláveis e por isso, você tem que me ouvir.Se fizer diferente do que eu faço/faria, você está errado. Sou TUDO e você, nada…”

Esses dias andei pensando e resolvi perguntar para vocês..Já repararam como tem gente no mundo que fala e age dessa forma? Tipo como se fosse a última bolacha de verdade num pacote de certezas? Faça esse exercício comigo. Vamos lá! Aposto que se você pensar só um pouquinho, vai encontrar na sua rotina pessoas que são assim. Que se acham as maiorais. É foda. E mais foda ainda é que geralmente quem age assim, não tem o menor respaldo para ser desse jeito. Tipo, a única pessoa para quem a opinião dela vale, é para ela mesma.

Maioral, heroi de todos nós. Faz Justiça pra valer, luta para vencer!

Mas por que será que essas pessoas tem tanta dificuldade em reconhecer qualidade, uma boa opinião, um olhar diferente do outro? Será medo? Insegurança talvez? Ou os egos delas se tornaram tão grandes que as aprisionaram dentro de si mesmas?

Não sei vocês aí, mas eu acho que todo mundo pode estar certo ou errado em qualquer altura da vida. E por isso mesmo, todo mundo pode aprender com todo mundo. Trocar experiências, experimentar ver o mundo pelos olhos dos outros. Isso não diminui ninguém, pelo contrário. Só nos faz maiores e melhores. Acho que o grande lance disso tudo é saber ouvir, e ser humilde. Todo mundo tem uma boa história para contar. Algo para agregar, dividir. Basta a gente estar disposto a descer do próprio ego, do nosso orgulho, do “eu sei tudo” e ver que outras pessoas, outras fontes, outras experiências, outras vidas, também podem ser bem interessantes.

Quando eu estava na escola, lááá no ensino fundamental, um professor meu contou que em plena Idade Média, São Tomás de Aquino, um cara importante da História disse: “Maldito o homem de um livro só”. Essa frase se referia à Bíblia como única fonte de informação. Dá licença, S. Tomás, mas vou adaptar isso: “Maldito o homem de uma opinião só”, que acha que está sempre certo e que todo o resto é apenas resto.

Coitado. Mal sabe que enquanto ele gira em torno de si próprio, um universo inteiro de possibilidades gira em sentido contrário, passando despercebido diante dos seus cegos olhos egoístas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s