.o que rola “porta dos fundos”?.

Ah meus caros, to até com medo de taguear esse post e ver os termos mais buscados depois. Mas vamos lá: Vocês já devem estar por dentro do que ta rolando com um dos vídeos da galera do “Porta dos Fundos”, não é? Bom, se não estão, eu resumo:

O vídeo “Rola”, adicionado há 4 meses atrás pelo canal de HUMOR – e que agora conta com singelos 6 milhões de views – está no centro de uma polêmica: Alguém, desprovido de senso de humor ou que não vê uma rola há bastante tempo, se sentiu ofendidinho com a esquete e resolveu denunciá-la. Olha só que merda hein? Agora, o vídeo pode ser censurado e mesmo ser tirado do ar.

Bom, tenho algumas coisas pra falar a respeito disso. Primeiro que, em se tratando de um canal de humor não se espera menos do que desagradar a algumas pessoas. O humor por si só não consegue agradar a todo mundo. Não existe “humor do bem” (viu Marcos Mion?). E cara, é só feito pra rir. Não é pra levar a sério. Não achou engraçado? Achou? Gostou? Não gostou? Tanto faz. Bola pra frente.

Taqueopariu, brasileiro (esse tipo) fode com tudo que é legal em prol dos “bons costumes”. Mas é o mesmo merdinha que ri por primeiro de uma piada pesada que censura. Ninguém é obrigado a assistir ou gostar de nada. Ainda mais na internet onde um simples “clique” te tira de um lugar e leva para o outro.

São tipinhos como o cara ou menina que denunciou esse vídeo que engrossam o coro da censura travestido de defesa da ética e educação. Esses caras pediram a cabeça do Rafinha Bastos no episódio do bebê,  impediram humoristas do Pânico de fazerem imitações, proibiram a entrada do CQC no Senado e tantos outros casos que vemos com frequência. Qual vai ser o próximo passo? Censurar textos, matérias, opiniões? Pasteurizar tudo, é isso?

Em várias entrevistas os criadores do “Porta dos Fundos” disseram que receberam propostas para ir para a tv mas não aceitaram porque não teriam a mesma LIBERDADE que na internet. Ironicamente, é na internet que querem censurá-los.

Eu sempre gosto de traçar um paralelo com o humor norte-americano. Por lá, ao que parece, e por “incrível” que seja, humor é humor. É entretenimento puro. Não é pra ser levado a sério. Até mesmo políticos entram na onda porque entendem isso. SNL, The Daily Show, The Soup e tantos outros só existem porque também existe essa liberdade.

Não estou defendendo o desrespeito . Acho que se uma piada ofende, ela deve ser simplesmente esquecida e se só isso não bastar para quem foi ofendido, minha mãe sempre me ensinou – e eu concordo -,  um pedido de desculpas sempre será a melhor solução.

Mas no país que se diz tão alegre, aberto e bem humorado, o mau humor tem reinado absoluto. Se assuntos que deveriam ser levados a sério – como saúde, educação, emprego, moradia –  fossem tratados assim, nós estaríamos rindo mais e enchendo o saco bem menos.

Anúncios

Um comentário sobre “.o que rola “porta dos fundos”?.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s