.sobre mães e clicks.

Se você está acessando este blog agora, beleza. Deixa o seu comentário no final do post, ok?

Agora, se você é MÃE (não vale as de 16 anos, hein?) e conseguiu entrar nesta página SOZINHA, meus parabéns!!

Nos últimos dias, observei por três vezes  um fenômeno digno de FRINGE – A GRANDE CONSPIRAÇÃO. No centro desse fenômeno sobrenatural estavam elas, as progentioras, as corujas, as mãos que balançam o berço, nossas queridas mamães.

Calma aí. Vou explicar.

Para você, caro internauta, para mim e para uma porrada de jovens que nasceram na era da internet  tão normal quanto respirar, é acessar sites, twittar, blogar, comentar, orkutar etc etc e etc , ta certo? (#piadainterna) …Mas para nossas queridas mães (de novo: Você que tem 16 anos e engravidou agora não se inclui nesse grupo) é um tanto quanto complicado.

Geralmente , elas resolvem se aventurar no mundo do computador e da internet quando nós não estamos em casa. No começo vão bem, é verdade. Mas basta o menor sinal de problema para que contatem os filhos via mobile phone (to certo ou não? @glhermepaiva e @whatever_mari ?) para que resolvam as suas dúvidas que variam desde a localização do SHIFT no teclado ao clássico: “A TELA FICOU PRETA!”. Minha mãe me ligou esses dias desesperada porque o cursor não se movia na tela. Quando cheguei em casa na sexta, descobri que as pilhas do mouse sem fio tinham acabado. Simples assim.

Não é culpa delas se nós nascemos com um cabo USB no lugar do cordão umbilical. É o nosso djeito. Estamos ligados em tudo ao mesmo tempo… E é nosso dever, enquanto paladinos da internet (sempre quis usar a palavra “paladinos” =) ) ter paciência e ensiná-las (muito embora quem não tenha paciência de aprender sejam ELAS) a navegar nesse novo mundo.

Muito bem…

Mas cá entre nós. Vou dividir com vocês uma teoria que construi a respeito das mães.

(Fechando a porta)

(Fechando janelas e cortina)

(Observando a van preta sinistra parada em frente de casa)

As mães na verdade sabem muito mais do que pensamos que elas sabem sobre tecnologia. Tenho provas e motivos suficientes para acreditar que elas formam juntas uma grande força secreta – tipo a CIA – que tem como objetivo principal saber o que estamos fazendo , onde estamos e com quem estamos. Pense bem… (observando movimentação estranha na van)… Já não aconteceu com você? Você saiu, estava totalmente incomunicável, não tinha dado o número do celular dos seus amigos para a sua mãe e de repente…O celular de um dos seus amigos toca e é pra você. No mínimo estranho, não acha?! o.O @glhermepaiva e eu somos testemunhas disso.

(Tem umas mulheres de preto com óculos escuros saindo da van. Putz! Fudeu. Elas já sabem que eu to olhando…Melhor ser rápido!)

E quando você vai fazer algo errado e sua mãe descobre antes e instantaneamente te faz contar a verdade? É tudo parte do PLANO. Parte do SISTEMA.

Os indícios são muitos….

(Alguém entrou em casa.)

…não tenho tempo para falar de todos aqui mas observem. É só obervar.

(Engolindo seco)

Tudo isso faz parte de uma estrutura estrategicamente montada para nos vigiar. TODAS elas estão no jogo. Não há escapatória.

Espalhem essa mensagem!!!!!

(A porta do quarto!!! Alguém ta forçando a porta do quarto…Preciso postar isso logo)

Nós estamos a solta…Mas elas estão correndo…

(Entraram!!! NÃO NÃO!!! Eu prometo que não vou postar!!! AHHHHHHHHh!!!!!!)

…atrá…

Anúncios

2 comentários sobre “.sobre mães e clicks.

  1. Eu ri do tá certo 😀
    E sim, não só acredito como fui vítima dessa “teoria da conspiração” das mães.
    Já que você revelou alguns segredos, deixe-me revelar mais um: nós, na verdade, vivemos na Matrix. Somos todos Neos e Neas, enquanto nossas mães são as agentes Smiths que regulam todo o sistema. Pode parecer estranho no começo, mas é a verdade :/

  2. HAHAHAHA, adorei! Nossa, aquele dia que minha mãe me ligou ela não conseguia fazer o underline. E pior que eu faço tudo tão automaticamente que nem penso nas teclas que aperto..Tanto que falei que era Alt + um daqueles números ali em cima, quando na verdade é simplesmente SHIFT (a famosa setinha pra cima) e a tecla do lado do 0. Pena que ela não descobriu isso sozinha (e nem eu lembrava na hora). Fazer o que, né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s