.alalaôÔôÔôÔôÔô.

…mas que caloooooooooor. Atravessando o deserto do Saara, o sol estava quente e queimou a nossa cara.”

A simplicidade nos versos e as divertidas rimas fizeram das Marchinhas de Carnaval um dos ritmos mais marcantes e conhecidos da nossa música e cultura. Quando em 1899 , Chiquinha Gonzaga deu vida à famosa “Ó Abre Alas” – considerada a primeira marchinha carnavalesca – , não se imaginava o sucesso que esse ritmo tão genuinamente brasileiro faria nos carnavais de muitas e muitas gerações seguintes.

Chiquinha Rodrigues imortalizou a marchinha “Ó Abre Alas”
 

Apesar do grande sucesso da música de Chiquinha, as Marchinhas de Carnaval só foram se popularizar mesmo no Brasil a partir de 1920. Compositores como Lamartine Babo , Ary Barroso , Noel Rosa e Braguinha emprestaram seu talento às músicas das ruas.

Noel Rosa emprestou seu talento às Marchinhas com “Pierrot Apaixonado”
 

Pode-se dizer que na década de 30, as Marchinhas se popularizaram de vez. Grandes nomes do cenário musical da época como Dalva de Oliveira, Silvio Caldas e principalmente a inconfundível Carmen Miranda foram decisivos para que as Marchinhas caíssem de vez no gosto popular.

 

Sassaricando , 1952

 

Ta-hi , 1930

 

 Infelizmente, a partir da década de 60 com a popularização dos desfiles e eu diria, a comercialização do espírito festeiro do Carnaval, as marchinhas perderam espaço dando lugar ao samba-enredo. Depois disso, as marchinhas sofreram a censura ferrenha da ditadura perdendo ainda mais força.

Pode-se dizer que  as músicas que marcaram época foram sendo esquecidas a medida em que os carros alegóricos entravam na avenida e as fantasias das passistas ficavam cada vez mais curtas, MÃÃÃS, caro internauta folião, ainda há resistência! Hahá!

Mesmo no meio de trios elétricos monumentais e do ziriguidum do axé,  ainda há quem goste e se lembre com saudosismo da velhas e queridas Marchinhas. Na verdade, não são raros os bailes que preservam essa tradição tão brasileira. E deveria ser esse espírito irreverente das marchinhas o levado para o Carnaval…Diferença entre putaria e a deliciosa e divertida malícia subentendida nos versos dessas canções.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Monobloco canta marchinhas no “Estúdio I”

 

Bom Dia! , 2010

Marchinha vencedora do “Concurso de Marchinhas 2010”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s