.os “papa-tragédia”.

Ridículo.

A única palavra que me ocorre agora pra definir o que acabei de assistir. Vou descrever a cena pra vocês: Agora há pouco, o SBT mostrava o caso dos dois meninos de Ribeirão Pires que foram asfixiados, queimados e esquartejados. Mais uma barbárie. A repórter, toda séria entrevistando o delegado responsável pelo caso, tinha como “espectadores” da tragédia, populares muito animados, visivelmente nada preocupados com o que estava acontecendo ou quais seriam os rumos das investigações. A revolta é passageira…O tempo do ligar e desligar de uma câmera…

Outra cidadã, revoltadíssima com um largo sorriso no rosto, se movimentava de um lado para outro como um macaco, empunhando o celular (provavelmente ligando para a mãe), enquanto procurava o melhor ângulo pra aparecer na TV. Cena familiar, não é? Caso Isabela Nardoni…Não lembra? É verdade…Deixou de ser modinha…Todo mundo esqueceu…

A memória foi apagada a medida que as reportagens se esvairam e os microfones foram desligados.

Uma nova moda está vigorando…E os “papa-tragédia” estão soltos por aí…

Aproveitem enquanto ainda se lembram desses meninos…

Oportunismo tem hora. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s